Canceriano sem lar

Por Isaias Costa

raul

Outro dia ouvi uma entrevista do Raul Seixas pouco tempo depois do lançamento do disco “uah bap lu bap lah bein bum”, de 1987. Nela, ele explicava uma das músicas do álbum que gosto muito, a “Canceriano sem lar”.

Essa música é um dos blues do Raul, possui arranjos muito bem trabalhados e uma melodia super agradável.

Ela tem esse nome primeiro pelo fato de ele ser canceriano, ou seja, seu signo é Câncer. E o sem lar tem uma relação com um período relativamente longo que ele ficou hospitalizado.

Ele sempre gostou muito de blues e sempre soube que a maior parte das músicas nesse estilo que se tornaram famosíssimas foram compostas quando seus compositores estavam tristes.

Foi exatamente o que aconteceu com ele. O Raul era um cara bem caseiro e era uma alegria ele estar em casa com a família. É por isso que ele fala: “Estou na Clínica Tobias Tão longe do aconchego do lar…”.

Ele inicia a música falando sobre a rotina na clínica que o deixava entediado. Ele era viciado em bebidas e fumo. Como sentia ansiedade para fumar, tomava café e depois fumava. Como não tinha nada pra fazer a não ser ficar em repouso, voltava a tomar mais café e continuar fumando.

No meio de tanto tédio, ele ficou muito triste. Por isso que ele diz: “Eu tomo café, pra mim não chorar. Pergunto à nuvem preta quando o sol vai brilhar”.

Essa frase é o mesmo que dizer: “ME TIRA DAQUI…”.

Esse blues feito nesse tempo de tristeza foi um bálsamo para a sua alma, que certamente ficou mais feliz por ter feito algo que ficou para a posteridade.

Nesse tempo o Raul já não estava mais tão voltado para as experiências esotéricas e queria apenas viver em simplicidade. É por isso também que ele compôes essa linda canção sem grandes viagens filosóficas. Uma música simples de um cara que vai deixar saudades para sempre no coração dos seus fãs… Grande Raul! Nosso canceriano sem lar…

Anúncios
Canceriano sem lar

7 comentários sobre “Canceriano sem lar

  1. David disse:

    Essa musica muito classe A, boa demais, mas demais mesmo o Raul era um gênio e como tanto outros poetas fizeram cancoes em últimos álbuns como Renato Russo no seu álbum A Tempestade cancoes como A Via Lactea, Longe do meu lado e Cazuza com álbum Burguesia cancoes como Eu quero alguém, Cartao Postal, o Raul deixou essa obra de arte no album Uah-Bap-Lu-Bap-Lah-Béin-Bum!,cancoes Paranóia II (Baby Baby Baby),Canceriano sem Lar (Clínica Tobias Blues),no album A Pedra do Gênesis musicas Cavalos Calados, Não Quero mais Andar na Contramão (No No Song), Senhora Dona Persona (Pesadelo Mitológico nº 3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s