Não seja um mono maníaco fanático

Por Isaias Costa

1336338024Um dos escritores mais geniais que nosso planeta já teve foi o grande Aldous Huxley, escritor da obra prima “Admirável mundo novo”.

Farei uma breve reflexão a respeito da flexibilidade dos nossos pensamentos a partir de uma frase curta, porém muito impactante.

O homem que pretende ser sempre coerente no seu pensamento e nas suas decisões morais ou é uma múmia ambulante ou, se não conseguiu sufocar toda a sua vitalidade, um mono maníaco fanático.”

Aldous Huxley

O que ele está querendo dizer com essa frase? Ele quer nos fazer refletir sobre a EVOLUÇÃO dos nossos pensamentos e crenças ao longo da vida.

Quando crianças, tudo que aprendemos vem dos nossos pais, e muito do que eles passam para nós vem da experiência de vida deles e acima de tudo, do nível de consciência deles naquele momento.

Quero deixar isso bem explicado para que você entenda. Nossa vida passa por mudanças o tempo todo, e quanto mais conscientes nos tornamos, um caminho natural é deixar de acreditar em muitas coisas que foram ensinadas por fruto da ignorância.

Vou citar um exemplo meu bem bacana. Durante toda minha infância e adolescência, fui totalmente educado para seguir a doutrina católica, porém, desde cedo, sempre fui extremamente questionador e ávido por conhecimento. À medida que fui crescendo e tendo um acesso maior ao conhecimento, fui conhecendo outras doutrinas, outros mestres, outras religiões, outras culturas, fiz amizades com pessoas de outras religiões, com ateus etc. etc.

Tudo isso me levou a, pouco a pouco, discernir sobre o que achava ser verdadeiro ou não para mim. E nesse caminho abandonei completamente a religião católica, porque a minha alma não conseguiu mais ver um sentido profundo em fazer parte dessa religião.

E tem mais! Antigamente eu repetia o discurso dos religiosos católicos, hoje não mais, porque sou uma pessoa completamente diferente.

Ou seja, eu fiz o que o gênio Huxley sugere! Não fui sempre coerente em tudo. Fui incoerente muitas vezes e ainda o sou. E sem dúvida alguma ainda serei outras tantas vezes. Mas o caminho natural gerado por essa incoerência se chama SABEDORIA.

E não termina por aí. Uma das pessoas que eu mais amo nesta vida está passando por grandes mudanças, influenciada por mim, a minha mãe. Eu tenho uma relação muito próxima com ela e tenho compartilhado com ela muitas das sabedorias que venho adquirindo com a leitura dos grandes mestres e ela tem aprendido demais. Minha mãe nunca foi uma mono maníaca fanática. Hoje entendo perfeitamente bem que ela me educou da melhor forma que pôde e me transmitiu o que acreditava ser o melhor para mim, e isso contribuiu para construir o meu caráter hoje. Agradeço todos os dias! Se eu não tivesse sido um cara religioso na minha infância e adolescência, jamais teria transcendido a fé nas religiões, ou seja, foi um caminho necessário e importante para mim…

Pode parecer contraditório, mas a incoerência que surge pela mudança dos nossos paradigmas nos leva à sabedoria. É isso que busco todos os dias e quero também lhe levar a refletir junto comigo hoje.

O que acha? Você é uma pessoa flexível nos seus pensamentos e crenças? Você considera suas verdades absolutas? Você acha que o Deus pregado na sua religião é o único verdadeiro e que leva à salvação?

Fique tranquilo! Pensar sobre isso não leva ninguém para o inferno, viu?

Nessa hora eu sempre lembro das palavras de um outro gênio que gosto demais, o mestre Raul Seixas. Ele sempre dizia: “Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”.

Quando você tem uma opinião formada, fecha a sua mente para as possibilidades infinitas. Existem milhares de interpretações para cada coisa nesta vida e neste mundo. Só não enxerga isso as pessoas que insistem em permanecer na ignorância, as pessoas que já perderam toda a sua vitalidade, como diria o Huxley.

Como eu sei que você busca mais conhecimento e sabedoria, pois está aqui lendo esse texto. Quero lhe instigar a isso.

Não seja um mono maníaco fanático, prefira ser uma metamorfose ambulante, é muito melhor…

Anúncios
Não seja um mono maníaco fanático

Um comentário sobre “Não seja um mono maníaco fanático

  1. Julia disse:

    Ahah Isaias. Como foi que você conseguiu passar neste escrito exactamente a minha personalidade? Pois é. Se eu já não mudar, sou isso aí exactamente.
    Preciso alertar alguns amigos que se encontram ainda parados no tempo, sem ter mudado uma virgula ao que aprenderam.
    Talvez partilhe este texto, pois em mim, podem não acreditar.
    Continue que além de ajudar outros…fortalece-se a si em primeiro lugar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s