Eu quero é ter tentação no caminho

Por Isaias Costa

raulzito_thumb

Você sabia que existe uma palavra da língua portuguesa que as pessoas “morrem de medo”, mas na realidade é uma das mais bonitas e ricas que existe?

Estou falando da palavra TENTAÇÃO. Eu amo essa palavra, eu quero ter mais e mais tentação no meu caminho.

Nada melhor do que me inspirar no mestre Raul Seixas para escrever esse texto trazendo novos paradigmas! Vamos lá?

Na sua linda música “Eu sou egoísta” ele diz:

“Enquanto eu provo sempre o vinagre e o vinho, eu quero é ter tentação no caminho, pois o homem é o exercício que faz…”

Essa frase é de uma profundidade incrível. Mas antes de interpretá-la e aprofundá-la, vamos ao significado da palavra tentação.

TENTAÇÃO = TERTAR + AÇÃO = AÇÃO DE TENTAR = TENTAR ALGO

Bacana não é mesmo? Voltando ao Raulzito! Nesta mesma música ele diz assim!

“O que eu como a prato pleno. Bem pode ser o seu veneno. Mas como vai você saber… sem tentar?”

Como você pode saber alguma coisa se você não tenta, hein?

Sabe o que é isso? MEDO, MEDO, MEDO!

O Raul foi um cara que mergulhou tanto no autoconhecimento que ele perdeu praticamente todos os seus medos! Ele sabia que tinha valor, sabia que era um ser humano diferenciado.

Não foi à toa que ele teve a coragem de dizer: “Eu sou a luz das estrelas”, ou mais forte ainda: “E não existe Deus senão o próprio homem”.

Aqui, chegando nesse ponto, podemos começar a entender porque as pessoas têm tanto medo das tentações. Sabe o que é? Esse medo foi IMPLANTADO no subconsciente individual e no inconsciente coletivo, como diria o grande Carl Jung.

E quem foram as maiores propagadoras desse medo? As religiões! E por estamos no Brasil, em especial, a católica.

Ela distorceu uma das mais profundas orações do mestre dos mestres Jesus Cristo!

Na oração do “Pai Nosso” ele diz: “E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal”.

Vou explicar para você OK? É preciso entender bem o verbo CAIR. Jesus queria que buscássemos a tentação. Mas veja bem! Ele disse para não cair nas tentações, ou seja, TENTE, mas não tente pelo caminho errado.

E sabe qual é o caminho errado segundo Jesus Cristo? Aquilo que vem do EGO.

“Não nos deixes cair em tentação, mas livrai-nos do mal”

Livrar-se do mal é se livrar de tudo aquilo que vem do nosso EGO. E o “Pai nosso” é na realidade o nosso EU MAIOR, a nossa natureza crística que habita o mais profundo do nosso coração!

Sei que provavelmente estou dando um nós na sua cabeça e talvez alguns dos leitores estejam se contorcendo agora e é provável que vários nem tenham lido até aqui. Viram a palavra TENTAÇÃO e saíram correndo! rsrsrsrs

As pessoas rezam diariamente o “Pai nosso” pedindo para não ter tentação, mas é justamente o contrário. Jesus nos incentiva a buscarmos cada vez mais tentações, mas antes de tentar, é importante encontrar a SABEDORIA! Para não quebrar a cara, se machucar e machucar os outros…

E como conseguir sabedoria? Ela não cai dos céus na nossa cabeça! Jamais! Ela vem acima de tudo pela MEDITAÇÃO, pelo SILÊNCIO.

O Raul disse muito sabiamente: “E quem sabe não fala, não diz”.

Quem SABEé quem tem sabedoria! As pessoas sábias são silenciosas, já percebeu? Elas não precisam tagarelar por aí para convencer ninguém de nada. Elas são convictas de quem são e por isso permanecem em silêncio, em pura contemplação do SER.

O Raul fala nessa música que come a prato pleno. Esse prato pleno quer dizer isso. Estar vivendo de maneira PLENA. Mas para a maior parte das pessoas isso é como um VENENO. Por quê, hein? Porque dá muito medo você ser verdadeiro, você ser autêntico, você ser VOCÊ!

Então ele lança um desafio, um questionamento: “Mas como vai você saber, sem tentar?”

Você já tentou ter a coragem de ser você mesmo?

Essa é uma pergunta bem difícil sabia? Ela me faz lembrar as palavras do mestre Sócrates: “Conhece-te a ti mesmo”.

O grande segredo do universo é CONHECER A SI MESMO.

E o Raul dizia: “Dentro do mambo e da consciência está o segredo do universo”.

O segredo do universo está na sua CONSCIÊNCIA, está DENTRO DE VOCÊ!

Mas como vai você saber sem tentar? Tente! E não tente só uma vez, viu? Tente sempre, tente todos os dias! Quanto mais você tentar, quanto mais tentações, mais perto estará da sua verdade.

E complementando com Jesus: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará…”.

A oração do “Pai nosso” do mestre Jesus, é bastante simbólica. Sabe o que Jesus quis dizer sobre as tentações? Ele quis dizer para não sermos MEDÍOCRES, para não ficarmos a vida inteira na MESMICE.

Essa oração seria facilmente compreendida pela grande massa se fosse substituída por essa frase: “E não nos deixeis nos tornarmos medíocres, mas livra-nos deste mal”.

Então, talvez assim, as pessoas dissessem: “Ah! Se Jesus disse isso, então vou procurar fazer o mesmo.”

Precisava gente? Acho que não! Mas hoje estou esclarecendo isso para você!

Quer sair da mediocridade? Eu escrevi um texto especial só para falar sobre ela. Se você ainda não leu, o link está logo abaixo!

A mediocridade das pessoas

Depois da leitura desse texto, será que você vai continuar com medo das tentações? Se quiser continuar com medo delas, tudo bem, trata-se de uma escolha sua! Respeito! Siga em frente!

O que acha de criar essa coragem para ser você mesmo? Para isso queira mais tentações na sua vida!

“Eu quero é ter tentação no caminho, pois o homem é o exercício que faz…”

 

 

 

Anúncios
Eu quero é ter tentação no caminho

9 comentários sobre “Eu quero é ter tentação no caminho

  1. Ju alneida disse:

    Vc sempre auxilando com o Dom da escrita do Bem á todos nós. .. Não acho seus posts de difícil entendimento, pode ser para aqueles que ainda estão ligados a questão da matéria e do Ter como primordial. Como as pedras falaram por mim no passado, houve a necessidade da busca da interiorização, da espiritualidade e consequentemente um pouco mais de amadurecimento. Ma-ra-vi-lhaa!! O medo e o orgulho são os maiores obstáculos na vida… pra que isso? Se o nosso objetivo é viver em plenitude com o que há de mais puro e belo no que a Vida nos oferece. Coragem , fé, ação e amor no coração…. ontem na sessão pipoca aqui em casa assistimos o filme “Simplesmente acontece” (lindo) retrata a falta de atitude de ir no caminho certo…Por achismos, medos e aí. ..desencontros. ..mas graças á Deus o final é feliz. Rsrs

    1. Muito obrigado Ju Alneida! Eu penso que quando a gente assume quem a gente é de verdade e segue o nosso coração, a vida se torna um mar de bençãos. E à medida que a gente tenta (tentação), a sabedoria pouco a pouco vai ganhando espaço no nosso coração e na nossa vida! Vou procurar esse filme, parece que é muito bom mesmo!
      Grande abraço.

  2. thiagoroncada disse:

    Tenho outra visão e interpretação dessa música, acredito q vc está levando para um lado positivo demais rsrsrsr no final da música ele repete por vezes a frase: “Eu sou egoísta, eu sou …. egoísta, eu sou …. egoísta. O que vc acha q ele quis dizer com isso? Seria literal? Aguardo a resposta, abraço.

    1. Por incrível que possa parecer, essa colocação dele é literal sim na música. Tem uma frase dele que resume bem isso, da música “Carpinteiro do Universo”: “E o auge do meu egoísmo é querer ajudar…”. Eu levei anos pra entender isso com clareza, entendi muito bem quando li as palavras do Osho. As pessoas que se tornam mais generosas e altruístas na sociedade são aquelas que primeiro foram extremamente egoístas. Não só o Osho, mas o Jung e vários outros já falaram sobre isso: “Tudo, de uma forma ou de outra, mais cedo ou mais tarde, acaba se transformando no seu oposto”.
      Posso confirmar pra ti que isso é verdade meu amigo. Eu já fui um cara super egoísta e com o passar do tempo e o amadurecimento, percebi que essa postura estava me impedindo de ser a melhor versão de mim mesmo, então aos poucos fui me tornando mais generoso, mais dócil, mais gentil, mais empático etc.
      Com o Raul aconteceu algo parecido, primeiro ele queria o seu próprio prazer e sua própria realização, só depois disso é que eu pensou em compartilhar com os outros toda a sua genialidade.
      Se mais pessoas compreendessem isso, caramba! Teríamos um mundo muito melhor e com pessoas que se amariam incondicionalmente.
      Em outras palavras o Raul quis nos ensinar uma das máximas de Jesus Cristo com essa música: “Amai ao próximo como a si mesmo”, mas para entender isso, só mesmo mergulhando fundo nas suas músicas, letras e na biografia do próprio Raul!
      Viva Raul!!

      1. Opa olha eu aqui dinovo rsrsrsr… Agradeço primeiramente vc ter me respondido, mais ainda assim discordo de sua resposta, vou logo lhe dizendo que não sou um fanatico religioso, mas a musica em sim tinha uma provocação ao homem cristão, que segue a religião ou os preceitos dela, e pra finalizar ele ainda chama Deus de egoista, se vc pesquisar vera que o termo “Eu sou”, foi usado no velho testamento para identificar a pessoa de Deus, Raul era um ocultista, se uniu a um mago, esses tais adoram deuses pagãos, acho dificil ele tentar ensinar os preceitos de cristo, acredito que el tentou em algumas musicas ensinar que não é necessário ser cristão para ser bom, que devemos ser bons por natureza ou obrigação.Cara ouvi muito Raul na minha juventude, ainda hoje quando ouço em algum lugar me arrepia, o cara era muito inteligente nas letras, mas ele tem sim um certo deboche (talvez n seja a palavra correta) sobre a figura de cristo ou cristão.

  3. Se você acha que tem pouca sorte
    Se lhe preocupa a doença ou a morte
    Se você sente receio do inferno
    Do fogo eterno, de deus, do mal

    Aqui vejo ele falar sobre a figura do cristão, o cara que vive em temor a figura e aos preceitos de Deus.

    Eu sou estrela no abismo do espaço
    O que eu quero é o que eu penso e o que eu faço
    Onde eu tô não há bicho-papão
    Eu vou sempre avante no nada infinito
    Flamejando meu rock, o meu grito
    Minha espada é a guitarra na mão

    Aqui ele diz claramente que ele é quem ele quer ser, que faz o que quer fazer, diferente do cristão que tem sua vida regrada aos ensinamentos de Cristo, diz ainda que onde ele esta não há bicho papão, ou seja não há um Deus para se temer, ou assemelha a figura de Deus a bicho papão, por ser mal aos que não cumprem a sua palavra, sobre a espada, o cristão tem como espada a palavra de Deus já a dele é a guitarra.

    O que eu como a prato pleno
    Bem pode ser o seu veneno
    Mas como vai você saber… sem tentar?

    Se você acha o que eu digo fascista
    Mista, simplista ou antissocialista
    Eu admito, você tá na pista
    Eu sou ista, eu sou ego
    Eu sou ista, eu sou ego
    Eu sou egoísta, eu sou,
    Eu sou egoísta, eu sou,
    Por que não…

    E pra finalizar, ele diz que o que ele come a prato pleno, ou seja, sua vida sem regras, bem pode ser o meu veneno, pois como cristão não podemos viver dessa maneira, e ainda não coloca em duvida, com a frase: “mas como vai vc saber sem tentar…”
    E por fim chama Deus de egoista por nos fazer viver nossas vidas de sua maneira, ele deixa claro na melodia da musica, ele frisa bem a palavra “eu sou”, que no velho testamento foi o nome atribuida a Deus por ele mesmo falando com moises, e que Cristo confessou ser ele.
    Bom, acredito que vc não vai sefuir meu raciocinio, não foi por isso que vim até aqui, mas se analisar veras a logica do que lhe falei, de qualquer maneira foi um prazer, abraço.

    1. Muito obrigado pelo comentário Thiago! Eu gosto quando os leitores questionam e vem com novas interpretações e visões sobre o Raul! Isso ajuda a enriquecer a todos nós!
      Entendi a sua colocação e concordo contigo, agora quero só acrescentar que o Raul tinha sim muito respeito e admiração pela figura de Jesus Cristo, e falo isso não por ser religioso (o que não sou, pelo menos não nos modelos convencionais, hehehe).
      O Raul estudou a fundo os evangelhos e os livros sagrados e transmitiu muito do que Jesus falou em suas músicas, basta estudar com bastante atenção para perceber a ligação entre as mensagens. Jesus Cristo talvez tenha sido o maior anarquista que nosso mundo já teve, o problema é que as religiões distorceram completamente suas mensagens. Ele veio para nos ensinar o caminho da AUTOSALVAÇÃO: “O reino dos céus está dentro de vós…”.
      O Raul veio ensinar a sociedade alternativa: “Faz o que tu queres, há de ser tudo da lei”. Podemos ser o que quiser e fazer o que quiser, ou seja, temos LIBERDADE para isso! Jesus nos ensinou também a buscar essa liberdade e não precisa de igrejas para isso.
      Gostei muito da sua associação com o “Eu sou” que tem na bíblia. Ele também utiliza essa expressão o tempo todo na música “Gita”, que é a mais transcendental de todas as suas letras. Com essas músicas ele prova sem um pingo de medo que reconhecia o seu lado divino, o seu lado Deus, lado este que existe em todos nós, mas as religiões querem nos fazer acreditar que isso é uma blasfêmia, uma afronta a Deus, já pensou? É muito jogo de manipulação concorda? hehehe
      Esse Raul era demais! Sempre nos levando a questionar mais e mais!
      Abração meu amigo! E comente mais vezes viu? Gosto da visão que tu tem das letras do Raul!

      1. Obrigado, sempre que eu puder estarei comentando sim.
        Só queria frisar que não comentei com o olhar de um religioso, e sim com o olhar de alguem que estudou um pouco a biblia, o exemplo de autosalvação que Raul nos passava já é um pouco sinistro, tendo em vista que só há salvação em Jesus, ele com certeza conhecia muito bem a biblia, acredito que bem mais que eu, as letras do Raul são muito inteligentes e de dificil interpretação. Uma vez vi uma reportagem que afirmava que o Raul disse que ele falava de Jesus em todas as suas musicas, não sei se é verdade, mas sei que fala em muitas, como em algumas sobre drogas e seus efeitos. Enfim é inegavel que o cara era um genio, como eu disse, hj ja não ouço mais, algumas entendo sim que ele blasfema (não porque me falaram, deduzi sozinho mesmo),mas nem por isso parei de admirar o dom que o cara tinha em fazer musica (letra + melodia), abraço.

  4. Muito bom seu texto, em especial a parte que trata objetivamente da palavra “tentação” e dos conceitos do Raul.

    Mas, com todo respeito a você, gostaria de discordar da parte que aborda a visão cristã. A meu ver, a palavra “tentação” é utilizada no meio religioso como um “tentar agir” do mal sobre a pessoa, ou, em outras palavras, quem tenta é o demônio, o Lúcifer, e ele tenta influenciar a pessoa a fazer algo que não seria bem visto por Deus.

    Para quem é cristão, é uma verdadeira tentação fazer com que o discurso de Jesus seja sempre adequado pela hermenêutica, se tornando assim atemporal. Mas para que isso se torne verdade dentro das nossas mentes (já que fora creio que não será verdade nunca), é indispensável ignorar inúmeros aspectos de contextualização.

    Um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s