Por que Raul Seixas e Paulo Coelho se drogavam tanto?

Por Isaias Costa

raul seixas e paulo coelho artedoserrados.blogspot.comMuitas pessoas não gostam nem do Raul Seixas nem do Paulo Coelho por causa dos seus envolvimentos com drogas ou de suas tendências místicas. Para muitos isso é uma tendência satânica e que deve ser desprezada. Farei uma breve reflexão sobre esse lado destes dois artistas que é tão mal compreendido, e procurarei mostrar da forma mais simples possível que eles eram assim exatamente porque não houveram caminhos claros para que fossem diferentes.

O que me inspirou a escrever esse texto foi uma entrevista que assisti, na qual o convidado era o ilustre Frei Betto. Durante a entrevista ele disse uma frase que me fez refletir bastante: “Todo drogado é um místico em potencial”. Em seguida ele foi explicar o porque desta frase.

Primeiramente ele explica que os drogados buscam as drogas exatamente porque já descobriram que a verdadeira felicidade brota de dentro pra fora, e não o contrário, de fora pra dentro, como a maior parte das pessoas fazem. Eles consomem drogas para terem as reações de prazer que elas liberam no organismo, ou seja, esse felicidade extremamente momentânea vem destas reações agradáveis que as drogas induzem.

Logo em seguida ele continua fazendo o seguinte questionamento: “Tente comprar um viciado em drogas ao oferecer a ele uma Ferrari para que deixe de consumir drogas! O que vai acontecer? Ele vai aceitar a oferta, vai vender a Ferrari e vai comprar mais drogas”. Mais uma vez ele enfatiza que a felicidade vem de dentro e não de fora. Não é a Ferrari que vai trazer felicidade, mas a sensação de prazer vinda das drogas, que fazem isso no interior do corpo.

Então ele explica o porque de os drogados serem místicos em potencial. Normalmente quem se droga tem sede por sentido para a vida, tem sede por conhecimento, por espiritualidade, mas não encontram quem os direcione neste caminho, então buscam isso nas drogas. Os místicos são aquelas pessoas que gostam de se aprofundar nas grandes questões humanas, tentam desvendar os grandes mistérios e segredos da vida e do universo (por isso o nome místico, que vem de mistério), são grandes pensadores, homens inteligentíssimos e com uma capacidade pessoal e intelectual impressionantes.

Agora chego ao Raul Seixas e Paulo Coelho. Os dois se tornaram místicos e fundaram a “Sociedade Alternativa”, inspirados no ocultista Aleister Crowley. Os dois são inteligentíssimos, têm uma capacidade intelectual incrível. E os dois se drogavam exageradamente. Na realidade, o Paulo Coelho foi uma das pessoas que mais influenciou o Raul a entrar no mundo das drogas.

Quero enfatizar a minha opinião. Sei que as pessoas que se drogam são extremamente desprezadas e colocadas à margem por nossa sociedade hipócrita. Com essa visão que acabei de descrever pode ser que você perceba que os que se drogam, normalmente são pessoas inteligentíssimas e que foram mal compreendidas, mal acompanhadas, mal orientadas pelos seus pais, desprezadas nos seus primeiros anos de vida etc. Não sei nada sobre a infância do escritor Paulo Coelho, mas acredito que ele deve ter sido muito mal compreendido, talvez visto como alguém estranho pelos colegas da escola, e todo esse desprezo, provavelmente gerou muitas lacunas em seu interior, o que fez com que buscasse uma felicidade em algo que traz prejuízos incalculáveis para o organismo.

Já com o Raul Seixas, a questão era mais de personalidade, ele era muito influenciável e transparente. Ele dizia a todos exatamente o que sentia, sem meias palavras, sem máscaras, sem fingimento. Essa é uma das qualidade que mais gosto nele e me faz tê-lo como uma das minhas maiores referências. Mas seu lado influenciável o levou a cair no mundo das drogas, das bebidas em excesso e da prostituição. Tudo isso o levou a uma morte prematura, ele morreu muito jovem, com apenas 44 anos. Uma pena para a música brasileira e para todos nós, seus fãs…

Outra coisa interessante que o Frei Betto fala na entrevista é sobre a MEDITAÇÃO. Ele faz meditação e acredita muito na sua influência em quase tudo na vida: a melhora da saúde, das emoções, da pacificação, dos relacionamentos, do humor etc. Ele explica que os efeitos que a meditação causam no organismo são similares aos causados pelas drogas, com uma diferença crucial. A meditação não causa danos ao organismo, pelo contrário, o torna cada vez mais saudável. Nesta hora ele incentiva esta busca pela verdadeira espiritualidade, que não necessariamente deve estar vinculada a uma religião. A espiritualidade transcende a religião, por isso a meditação é tão aconselhável, porque se trata de práticas que podem ou não ser vinculadas a religião.

O Raul e o Paulo se aprofundaram muito na espiritualidade, e digo sem medo que eles são infinitamente mais espiritualizados do que muitos religiosos, exatamente porque compreendem essa transcendência.

Agora você já sabe porque eles se drogavam tanto e espero que a partir de hoje você perceba que as pessoas que se drogam normalmente têm um potencial interior impressionante e que precisa ser alimentado e frutificado através de pessoas sábias que saibam conduzir neste caminho de autodesenvolvimento…

Anúncios
Por que Raul Seixas e Paulo Coelho se drogavam tanto?

5 comentários sobre “Por que Raul Seixas e Paulo Coelho se drogavam tanto?

  1. Luís disse:

    Isaías, quando você menciona “prostituição”, gostaria de saber se esse vício foi algo constante ou ocasional na vida de Raul, pois é sabido que ele teve vários casamentos e companheiras ao longo da vida. Apenas uma curiosidade sobre essa parte da biografia de Raul, que não conheço tão profundamente como você. Obrigado e um grande abraço, gosto muito dos teus textos meu amigo.

    1. Seu questionamento é muito bom. Na realidade Luis, eu também não conheço muito sobre esse lado da “prostituição” do Raul, até porque não se fala tanto sobre isso nas biorafias sobre ele.
      O que percebo facilmente nele é que ele era muito influenciável, e algumas das suas companhias não queriam muito o bem dele. Era uns “vida louca”, como se costuma dizer. No tempo em que o Raul esteve casado oficialmente, ele era mais comportado, sem sombra de dúvidas. Agora os períodos em que não esteve. Nossa! Nem consigo imaginar as prezepadas que esse maluco aprontou.
      Eu acredito que o tempo em que ele esteve casado com a Kika Seixas foi o tempo em que ele foi mais “fiel”. Ele era apaixonado por ela. Talvez tenha sido a esposa que ele mais amou.
      Eu preciso ler mais sobre isso para poder responder à altura da sua pergunta e também para não aparecer ninguém por aqui me dando cascudos! rsrsrs
      Abração!

      1. Luis disse:

        Boa tarde!
        Como você já mencionou a palavra “prostituição” em outros posts também, fiquei curioso a respeito e como nunca li (pelo menos na internet) nenhuma menção à sexualidade, resolvi te perguntar. É sabido, que o uso abusivo, excessivo do álcool como qualquer outra substancia, além dos malefícios que já conhecemos, leva à alguns comportamentos degradantes, arriscados, em várias âmbitos da vida de uma pessoa, não só no que diz respeito aos relacionamentos pessoais (família, amigos, trabalho, etc…), incluindo também o âmbito sexual, e talvez aí, possa ter havido algum excesso, com descuidos, experimentações e a exposição aos consequentes riscos de tal comportamento, etc…independente da opção sexual, que não vem ao caso julgar, pois isso diz respeito à cada um, sem moralismos. Entendo aqui prostituição no sentido do mal uso do sexo, na minha perspectiva, pois cada um é livre para fazer o que quer, porém será escravo das consequências dos seus atos. Mas me parece que esse comportamento não é condizente com o que ele transmitia, parece-me que esse não era o perfil dele, e, se fosse algo habitual, seria de conhecimento público, não acha? a exemplo de tantos outros (independente da escolha sexual) que tomamos conhecimento através das mídias.

      2. Luis disse:

        Boa tarde Isaias!
        Como você já mencionou a palavra “prostituição” em outros posts também, fiquei curioso a respeito e como nunca li (pelo menos na internet) nenhuma menção à sexualidade, resolvi te perguntar. É sabido, que o uso abusivo, excessivo do álcool como qualquer outra substancia, além dos malefícios que já conhecemos, leva à alguns comportamentos degradantes, arriscados, em várias âmbitos da vida de uma pessoa, não só no que diz respeito aos relacionamentos pessoais (família, amigos, trabalho, etc…), incluindo também o âmbito sexual, e talvez aí, possa ter havido algum excesso, com descuidos, experimentações e a exposição aos consequentes riscos de tal comportamento, etc…independente da opção sexual, que não vem ao caso julgar, pois isso diz respeito à cada um, sem moralismos. Entendo aqui prostituição no sentido do mal uso do sexo, na minha perspectiva, pois cada um é livre para fazer o que quer, porém será escravo das consequências dos seus atos. Mas me parece que esse comportamento não é condizente com o que ele transmitia, parece-me que esse não era o perfil dele, e, se fosse algo habitual, seria de conhecimento público, não acha? a exemplo de tantos outros (independente da escolha sexual) que tomamos conhecimento através das mídias.

      3. O Raul era um cara mais estilo romântico e tal! Ele era assim por causa da boa educação que teve. Seus pais eram um tanto quanto tradicionalistas!
        Mas não duvido de maneira dos seus envolvimentos com garotas de programa ou apenas mulheres que quisessem transar por pura diversão! O Raul exautava as mulheres, ele até fala na música “A maçã”: “O que eu mais venero, que é a beleza de deitar…”
        O Raul tinha um coração imenso! Eu acredito que ele ter transado com várias mulheres não muda em nada a índole maravilhosa e o companheiro incrível que ele foi para os mais próximos dele.
        Eu vou estudar mais esse lado dele, buscar informações com meus amigos “raulsseixistas” e escrever textos que abordem um pouco mais essa questão que parece mesmo meio obscura!
        Abraço meu amigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s